O que você comeu hoje?

Se você ainda não almoçou hoje e pretende ter uma noite agradável ao lado de algum homem evite alguns alimentos no seu prato.


Vai por mim. Uma pesquisa publicada numa revista feminina nesta semana aponta que "morremos pela boca", também na hora do sexo. Se bem que, a contar pelos efeitos colaterais de algumas leguminosas, é melhor dizer que "matamos pela boca".


O brócolis, por exemplo, é uma ótima pedida para a saúde feminina. Contém alguns fitoquímicos e o mais conhecidos são Sulforafano e Indoles. Também contém outros tipos de fitoquímicos também conhecidos por terem ou capacidades de proteção contra o câncer, ou propriedades de produção de enzimas que destroem células cancerígenas. Sulforafano é o principal fitoquímico descoberto que elimina a H Pylori.

Agora, caso tudo isso ainda não seja suficiente, brócolis também contém grande quantidade de Vitamina C, e levando-se em consideração o peso contém mais vitamina C do que a laranja (1 xícara de brócolis tem quase o dobro de vitamina C do que uma laranja). Brócolis também contém Vitamina A, folacin, potássio, cálcio e 5 gramas de fibras alimentares por xícara. Com 25 calorias por xícara cru ou 15 calorias por 1/2 xícara cozido, brócolis nos dá muitas razões para comê-lo freqüentemente.



Mas.....se você quer ter uma noite caliente, não coma brócolis por, pelo menos, 4 horas antes. Seu parceiro agradece. O legume altera o cheiro e o sabor da vagina e, não é para melhor, acredite! O mesmo acontece quando comemos feijão ou repolho, antes do sexo. Homens, não cheira mal sempre, por isso se sua parceira não está com o melhor sabor na hora H, pergunte a ela o que comeu no almoço ou no jantar.

Repolho também dá gases: coma com moderação

Imagina se todos os homens tivessem que saber o nosso menu antes de arriscar-se: "Ok, meu bem, faço oral hoje, mas me diga antes, o que você comeu?"



Isso não acontece só conosco, homens também têm esse mesmo problema. Mas ainda não sei, não cientificamente pelo menos, quais são os alimentos que prejudicam o paladar feminino.


Por experiência própria, alguns livros, filmes e outras coisitas mais, sei que cigarro e bebida alcóolica repelem qualquer amante mais afoita, pronta para o "Bola Gato" (traduza para o inglês: bola - bool; gato - cat). Isso me faz lembrar um episódio de Sex and City em que Samantha - a ninfomaníaca - sai com um rapaz que, digamos, não tem o melhor sabor dos deuses. Coitada!


Bola Gato - tenha à mão dicionário português/inglês


E o pior: ele adorava um bola gato. Para satisfazê-lo, ela se obrigava a ir até o fim. E, não satisfeito, o moço ainda exigia como prêmio que ela não cuspisse. Samantha fez de tudo para melhorar a digestão do dito cujo. Procurou medicina alternativa e descobriu que suco de soja e de abacaxi fazem bem. Mas no caso de seu namorado, pouco adiantou.


Cansada de passar pelo sofrimento de ter que engolir algo semelhante a ovo podre, ela propôs: "Engoliria se ele também se experimentasse". Sábia Samantha... Se ele gostasse do sabor e engolisse, ela passaria a vida inteira fazendo isso...

Foi aí que ela descobriu a determinação de um homem apaixonado pelo bola gato ( homens realmente gostam disso). Ele engoliu e ainda disse que era bom - para espanto da amante....tudo para não perder a possibilidade de ser "servido" - nossa que machista essa minha colocação....

Imagina se a moda pega? Se mulheres que cheiram mal ou têm um sabor mais acentuado também fossem obrigadas a se "experimentar"? Por isso, faça uso das pesquisas científicas (as ciências são belas) e evite alimentos como brócolis, feijão e repolho antes de uma boa transa.


Faxineira Ponto G

Read More

Para entender do (que) falo


Meninas, atenção! Para quem nunca teve muita paciência em aprender a ler mão, tarot, i-ching, runas, etc... trago para vocês algo que se não der certo, rende pelo menos boas risadas. Que quiromancia que nada! Os ciganos (ou melhor, as ciganas) esconderam uma arte muito mais ... hum.... profunda. A Falomancia. Percorrendo a blogosfera encontrei este texto no Divino Senão Fosse Humano (eu sei que este "senão" deveria ser "se não", mas o nome do blog é escrito assim mesmo).

Então, faxineiras, vamos testar esta arte. Fita métrica na mão, olhos atentos e calça abaixadas para o que vem aí.


Para os ciganos, as linhas das mãos mostram traços da personalidade. Já na falomancia, conhecida como a arte da 'leitura do pênis', é a performance sexual que se revela através da forma do órgão. Se isso é verdade, ninguém sabe. Mas essa teoria, para lá de exótica, pode render boas risadas e, quem sabe, pistas sobre os prazeres que o seu parceiro pode proporcionar.

BERINGELA

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Longo (mede mais de 10 cm quando flácido)
Grosso (mais de 7,5 cm de circunferência, sem ereção)
Pode ter veias aparentes, ponta larga

PERFORMANCE NA CAMA Além de ser criativo, esse é um homem que costuma pensar na parceira e está sempre inventando novas maneiras de agradar. Seu incrível impulso sexual é o tempero do amor -por isso, a mulher que está com ele dificilmente irá dormir com vontade de fazer sexo. A vaidade é seu maior defeito: o hábito de contar suas façanhas sexuais para os outros às vezes pode destruir um bom relacionamento.

PERSONALIDADE SEXUAL Homens desse tipo gostam de descobrir maneiras de tornar o sexo mais interessante. São fãs de vídeos e livros que inspirem novas práticas eróticas.

MELHOR POSIÇÃO A mulher por cima: só assim ela poderá controlar o ritmo e a profundidade dos movimentos dele -estratégia essencial com um amante bem-dotado e que geralmente é bem egocêntrico.

COMO LIDAR Esse homem fica imediatamente inseguro se achar que sua parceira não está indo bem. Mas pode transar a noite inteira quando sente que a mulher chega ao orgasmo. Se essa é a meta, não economize retornos positivos: alimente-o com muitos gemidos e suspiros de prazer.

FANTASIA SECRETA Situações que envolvam perigo são sempre excitantes para amantes desse tipo.


VAGEM

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Curto (mede menos de 10 cm quando flácido)
Fino (menos de 7,5 cm, sem ereção)
Superfície lisa, ponta afilada

PERFORMANCE NA CAMA Amante que só se libera na cama quando tem vínculos emocionais fortes, esse homem não tem facilidade para expressar sentimentos. Exatamente por isso, quando ele declara o seu amor ou fala sobre o seu desejo, é para valer. Na cama, ele é intenso e romântico.

PERSONALIDADE SEXUAL Apesar de mostrar-se receptivo a novidades e sugestões, esse parceiro tende a fazer tudo do mesmo jeito, eternamente. Costuma ser cauteloso até permitir que uma mulher realmente entre na sua vida. Mas, depois que isso acontece, ele baixa as defesas e mergulha na relação de coração aberto.

MELHOR POSIÇÃO A tradicional papai-e-mamãe: é o ideal para que ele se conecte do jeito que mais gosta -olhos nos olhos. Anatomicamente, essa posição é a ideal porque o peso do corpo dá mais propulsão ao pênis.

COMO LIDAR Para quebrar a rigidez de um homem tão reservado, nada melhor do que tentar dar um tom de brincadeira ao sexo. Com humor e leveza, a mulher pode fazer com que ele esqueça a timidez e faça loucuras.

FANTASIA SECRETA Ser dominado. Sentir-se submisso ao desejo da parceira é muito prazeroso para esses amantes.


CENOURA

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Longo (mede mais de 10 cm quando flácido)
Fino (menos de 7,5 cm, sem ereção)
Superfície lisa, ponta fina

PERFORMANCE NA CAMA Com sua fala mansa e um jeito de intelectual, esse é o tipo de amante que costuma levar as mulheres para a cama mais depressa do que a maioria, e como se fosse a coisa mais natural do mundo. Sempre em clima de romance, com flores na hora certa e beijos pelo corpo inteiro, ele costuma ser irresistivelmente sedutor.

PERSONALIDADE SEXUAL Para ele, uma mulher brilhante e inteligente é a mais sensual do mundo. As palavras, aliás, fazem parte da cena sexual. Esse homem geralmente gosta de falar e de ouvir sua parceira durante o sexo.

MELHOR POSIÇÃO Deitados, ele por trás: o pênis longo se adapta muito bem a esse ângulo, facilitando o prazer da mulher.

COMO LIDAR Talvez ele não consiga se controlar e fale demais na cama. Se isso for incômodo, a mulher pode insinuar que acha o silêncio excitante ou, pelo lado mais romântico, dizer que 'quer sentir seu coração batendo forte'. Esses truques funcionam bem nessas situações.

FANTASIA SECRETA Seus pensamentos mais obscuros costumam envolver sadomasoquismo e bissexualidade - esses são os únicos assuntos que fazem com que esse amante fique sem palavras.


BATATA

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Médio (com cerca de 10 cm quando flácido)
Grosso (mais de 7,5 cm, sem ereção)
Tem veias visíveis, ponta grossa

PERFORMANCE NA CAMA Ele pode ser um ótimo amante, mas, como é muito competitivo, precisa saber que seu desempenho na cama é superior ao dos antigos parceiros de sua mulher. Faz questão de ser comparado, só que realmente quer apenas ser elogiado. Muitas vezes revela-se autoritário: se ele começar a dar ordens, reclame, mas com delicadeza, já que críticas ásperas costumam fazer com que ele fique sem ação.

PERSONALIDADE SEXUAL Narcisista por excelência, esse homem gosta de saber que está dando à sua parceira mais prazer do que ela jamais teve. Ele proporciona um sexo inesquecível à sua mulher quando acredita que é o melhor.

MELHOR POSIÇÃO Por trás: ele vai se sentir poderoso envolvendo o corpo da mulher por inteiro. Para ela também é ótimo, já que a posição é ideal para estimular o ponto G.

COMO LIDAR Vale a pena investir em acessórios eróticos porque esse homem gosta de luxo e sofisticação. Sedas, champanhe e cerejas vão incrementar as preliminares, um dos pontos fortes de quem tem esse perfil.

FANTASIA SECRETA Ser o alvo de uma situação de voyeurismo. Nada dá mais prazer a homens desse tipo do que imaginar-se sendo observado e desejado por muitas mulheres.


POR KAREN ROBINOVITZ* Marie Claire



Faxineira: Fá


Read More

Faça a sua parte

Não custa nada dar um pouco de atenção aos que precisam. O momento que você faz uma oração, ou faz companhia sempre faz a diferença. Às vezes a gente pensa que está tudo muito longe e esquece que todos nós estamos sujeitos a situações parecidas ou até mesmo iguais. Não que a gente tenha que se importar com a vida de todo mundo, mas saibamos compreender o sentimento do outro. Não para sofrer com ele, mas para simplesmente entender.

O sentimento de solidariedade, de companheirismo está dentro de cada um de nós, mas é preciso um exercício diário para que ele não seja esquecido. Você e eu sempre vamos precisar de alguém algum dia.

Sempre precisamos das nossas mães, mas esquecemos delas às vezes. Elas nunca esquecem da gente.

Não vamos esquecer dos nossos amigos pelo simples fato de não vê-los todos os dias. Sinto falta de algumas pessoas principalmente das que se foram para sempre. Ficou a saudade e a vontade de ter aproveitado mais tempo junto.

Quando alguém pedir ajuda, ajude. E não faça isso por obrigação, ou por ouvir aquela velha frase: “Nunca se sabe o dia de amanhã”. Ajude simplesmente por saber que estará fazendo o bem ao próximo.

Doe-se mais aos sentimentos do mundo e tenha compaixão por alguém que esteja ao seu lado. Esse alguém que você vê todos os dias, que te olha pela manhã, tarde e às vezes à noite é um ser humano como você. É tão importante quanto você se acha importante. Aliás, o que é ser importante para você?

Todos nós temos defeitos, preocupações e compromissos.

Vamos ajudar o próximo quando preciso for. Milhares de famílias em Santa Catarina estão sem nada, e nós assistimos pela televisão. Você já parou para pensar que tudo aquilo é real? Você já ajudou de alguma forma alguém naquele lugar?

Não vamos apenas observar de longe. Vamos fazer algo. Levante-se.

Da mesma forma todos os anos estão os flagelados pela seca, estiagem no nosso país, e não tão longe, no nosso próprio estado precisam da boa vontade de todos nós. E apenas assistimos como se fosse uma “telenovela.” Faça a sua parte.



faxineira: Marinha do Brasil

Read More

Deus te facilite

Quem ainda pede a benção aos pais? Quando criança era comum pedirmos a bênção a todos os parentes: pais, avós, tios. Lembro-me que eu juntava as mãos como em oração e dizia: _ A benção, pai (avô, tio e tia).....

E a resposta era sempre a mesma: "Deus te abençõe, minha filha". Quase todo mundo dizia assim, menos o meu avô. Com mais de 10 netos, meu avô, ou vovô, como era conhecido pelos netos, tinha uma forma personalizada de abençoar cada um de nós.


Conforme o tamanho da fila de netos, ele ia dando a nós o que achava necessário. A alguns era o simples "Deus te abençõe", a outros era "Deus te dê saúde", "Deus te dê juízo", "Deus te dê vergonha" e, por fim, o que eu mais gostava: "Deus te facilite".

Vovô Neco e minhas tias

Hoje a bênção é mais simples. É mais um cumprimento mesmo e só peço ela a meus pais. Mas nunca me esqueci do "Deus te facilite" do meu vovô. Aliás, adorava chamá-lo assim: vovô. Quando ele pedia que Deus nos facilitasse, ele pedia tudo e desejava tudo. Quando quero ganhar um dinheiro extra, logo me lembro do "Deus te facilite", quando quero namorar alguém, ou um trabalho que preciso ou uma viagem...

É engraçado que tenhamos perdido o hábito de pedir bençãos...Não são os humanos (pais, avós, tios) que nos abençoam...eles apenas com a autoridade que têm sobre nós, pedem a Deus que o faça. E é estranho que não precisemos mais...ou que nos esqueçamos disso. Eu ainda preciso que Deus me facilite, mesmo que não tenha mais meu vovô para me dizer isso....talvez eu leve isso adiante com meus filhos e netos e, imitando meu avô, crie a cada um deles uma forma única de dizer-lhes que com minha benção eu os amo.

Read More

A palavra é consideração

Na minha estréia nessa faxina, pensei, pensei, pensei por onde começar a limpeza. Então decidi começar pelo principal, o coração. È minha gente, até as “Mirandas” da vida têm coração. E todo coração passa a vida buscando sentimentos para preenchê-lo, sentimentos familiares, de amizade e é claro, de um bom macho, daquele tipo “perfeito” (gostoso o suficiente pra chamar nossa atenção e causar inveja nas outras, quente o suficiente pra nos levar a loucura e é claro, fiel kkk).

E nessa busca por sentimentos uma curta frase é o desejo da maioria das mulheres. É, é isso mesmo que você ta pensando, o famoso e sonhado “Eu Te Amo!!!” Uma pronuncia que leva poucos segundos, mas que tem um efeito inexplicável. Tá, tudo bem, às vezes a frase vem de alguém sem muita importância, aí da até pena, mas quando vem do macho perfeito, vale mais que ouro.

Mas esses tempos eu descobri, a duras penas, que damos valor de mais a esta simples frase. Depois de ter ouvido por várias vezes o “Eu te amo!!” daquele que eu considerava o macho perfeito, o inesperado aconteceu, ele deixou de ser perfeito e se tornou um canalha. Nem mesmo todo o meu poder (ah, esqueci de dizer, EU SOU PODEROSA – BOA, BONITA E GOSTOSA kkkk), me livrou de inúmeras traições, fui apunhalada de todos os lados. Até cheguei a pensar que eu não era mais tão poderosa assim. Perguntava-me, como alguém que ama, pode fazer tão mal a pessoa amada???

A resposta veio em um dia de surto. Quando sofria, ou melhor, me descabelava por mais uma “aprontada” dele e me questionava Deus por quê?? Por quê?? (coitado de Deus, tem que agüentar cada coisa kkk) Minha irmã veio com a explicação mais sábia que já ouvi, ela disse: “Ele não tem consideração por você”. Nem todo mundo que ama considera. Vi que ela tinha razão, considerar é mais que amar. De acordo com o nosso amigo Aurélio, consideração:

[Do lat. Consideratione.]
Substantivo feminino (tinha que ser né? kk).
1.Ato ou efeito de considerar.
2.Importância dada a alguém; respeito, deferência, estima.
3.Reflexão, raciocínio.



Ou seja, uma junção de sentimentos básicos e fundamentais para o amor ser verdadeiro.
A partir daí descobri que a “Palavra é Consideração”, desde então tenho tentado levar isso para todas as relações da minha vida. Com a família sou cúmplice, sou filha, sou irmã, sedo a mão e até o corpo inteiro se eles precisarem. Com as amigas, sou leal, mesmo quando erro tentando acertar, sofro com seus sofrimentos e fico feliz com as conquistas de cada uma delas. E assim vou preenchendo o meu coração de sentimentos, puros, verdadeiros e consideráveis. E você deve estar se perguntando e quanto aos HOMENS?? Ainda não apareceu nenhum que merecesse minha consideração. Então como diria um grande amigo meu, “enquanto os certos não aparecem, eu me divirto com os errados”.

Pra você fica a sugestão, faça uma faxina no seu coração, jogue fora sentimentos medíocres e sem nenhuma consideração e dê espaço ao verdadeiro “Eu Te Amo!!” ou seria “Eu te considero!!”.

Esta sou eu,

Miss Kiss

Read More

O que um jantar faz em nossas vidas

Não é meu, mas é divertido... Eu ri muito deste texto...Recebi no e-mail e não sei o autor....espero que se divirtam também.

Concordo muito com esse texto, quem é mulher sabe. E me encaixo em pelo menos umas cinco questões citadas por ela. O texto é lonnngo...mas não esmureça! Vale a pena para mulheres e homens....

Faxineira Ponto G

Vamos jantar amanhã?

Quando um homem chama uma mulher para sair, não sabe o grau de estresse que isso desencadeia em nossas vidas. Durante muito tempo, fiquei achando que eu era uma estressada maluca que não sabia lidar com isso, mas conversando com diversas pessoas, cheguei à conclusão de que esse estresse é um denominador comum a quase todas as mulheres, ainda que em graus diferentes (ou será que sou eu que só ando com gente estressada?). O que venho contar aqui hoje é mais dedicado aos homens do que às mulheres. Acho importante que eles saibam o que se passa nos bastidores.
Você, mulher, está flertando um Zé Ruela qualquer. Com sorte, ele acaba te chamando para sair. Vamos supor, um jantar. Pronto, acabou seu último minuto de paz. Ele diz, como se fosse a coisa mais simples do mundo "Vamos jantar amanhã?". Você sorri e responde, como se fosse a coisa mais simples do mundo: "Claro, vamos sim".



Começou o inferno na Terra. Foi dada a largada. Você começa a se reprogramar mentalmente e pensar em tudo que tem que fazer para estar apresentável até lá. Cancela todos os seus compromissos canceláveis e começa a odisséia. Evidentemente, você também pára de comer, afinal, quer estar em forma no dia do jantar e mulher sempre se acha gorda. Daqui pra frente, você começa a fazer a dieta do queijo: fica sem comer nada o dia inteiro e quando sente que vai desmaiar come uma fatia de queijo. Muito saudável.


Primeira coisa: fazer mãos e pés. Quem se importa se é inverno e você provavelmente vai usar uma bota de cano alto? Mãos e pés tem que estar feitos - e lá se vai uma hora do seu dia. Vocês (homens) devem estar se perguntando "Mão tudo bem, mas porque pé, se ela vai de botas?" Lei de Murphy. Sempre dá merda. Uma vez pensei assim e o infeliz me levou para um restaurante japonês daqueles em que tem que tirar o sapato para sentar naqueles tatames. Tomei no cu bonito! Tive que tirar o sapato com aquela sola do pé cracuda, esmalte semi-descascado e cutícula do tamanho de um champignon! Vai que ele te coloca em alguma outra situação impossível de prever que te obriga a tirar o sapato?
Para nossa paz de espírito, melhor fazer mão e pé, até porque boa parte dessa raça tem uma tara bizarra por pé feminino. OBS: Isso me emputece. Passo horas na academia malhando minha bunda e o desgraçado vai reparar justamente onde? Na porra do pé! Isso é coisa de... Melhor mudar de assunto...
As mais caprichosas, além de fazer mão e pé, ainda fazem algum tratamento capilar no salão: hidratação, escova, corte, tintura, retoque de raiz, etc. Eu não faço, mas conheço quem faça (eu, ponto G, faço). E nessa se vai mais uma hora do seu dia.
Dependendo do grau de importância que se dá ao Zé Ruela em questão, pode ser que a mulher queira comprar uma roupa especial para sair com ele. Mais horas do seu dia. Ou ainda uma lingerie especial, dependendo da ocasião. Pronto, mais horas do dia. Se você trabalha, provavelmente vai ter que fazer as unhas na hora do almoço e correr para comprar roupa no final do dia em um shopping.
Ah sim, já ia esquecendo. Tem a depilação. Essa os homens não podem nem contestar. Quem quer sair com uma mulher não depilada, mesmo que seja apenas para um inocente jantar? Lá vai você depilar perna, axila, buço, virilha, sobrancelha, etc, etc. Tem mulher que depila até o cu! Mulher sofre! E lá se vai mais uma hora do seu dia. E uma hora bem dolorida, diga-se de passagem.



Ai! É nesta hora que a desgraçada puxa...e dói até a alma


Parabéns, você conseguiu montar o alicerce básico para sair com alguém. Pode ir para a cama e tentar dormir, se conseguir. Eu não consigo, fico nervosa. Se prepare, o dia seguinte vai ser tumultuado. Ah, sim, você vai dormir COM FOME. A dieta do queijo continua.

Dia seguinte. É hoje seu grande dia. Quando vou sair com alguém, faço questão da dar uma passada na academia no dia, para malhar desumanamente até quase cuspir o pulmão. Não, não é para emagrecer, é para deixar minha bunda e minhas pernas enormes e durinhas (elas ficam inchadas depois de malhar). Mas supondo que você seja uma pessoa normal, vai usar esse tempo para algo mais proveitoso.
Geralmente, o Zé Ruela não comunica onde vai levar a gente. Surge aquele dilema da roupa. Com certeza você vai errar, resta escolher se quer errar para mais ou para menos. Se te serve de consolo, ele não vai perceber. Aliás, ele não vai perceber nada. Você pode aparecer de Armani ou enrolada em um saco de batatas, tanto faz. Eles não reparam em detalhe nenhum, mas sabem dizer quando estamos bonitas (só não sabem o porquê). Mas, é como dizia Angie Dickinson: "Eu me visto para as mulheres e me dispo para os homens". Não tem como, a gente se arruma, mesmo que eles não reparem.

E não adianta pedir indicação de roupa para eles, os malditos não dão sequer uma pista! Claro, para eles é muito simples, as "Madames" só precisam tomar uma chuveirada, vestir uma Camisa Pólo e uma calça e estão prontos, seja para o show de rock, seja para um fondue. Nesse pequeno cérebro do tamanho de um caroço de uva só existem três graduações de roupa: Bermuda + Chinelo, Jeans + Pólo, Calça Social + Camisa Social. Quando você pergunta se tem que ir arrumada é quase certo que "Madame" abra a boca e diga "sei lá, normal, roupa normal". Eles não sabem que isso não ajuda em nada.
Escolhida a roupa, com a resignação de que você vai errar, para mais ou para menos, vem a etapa do banho. Para mim é uma coisa simples: shampoo + sabonete. Mas para muitas não é. Óleos, sabonetes aromáticos, esfoliação (horrível que seja com "s", né? deveria ser com "x"), etc. E o cabelo? Bom, por sorte meu cabelo é bonzinho, não faz a menor diferença se eu lavar com um shampoo caro ou se lavar com Omo, fica a mesma coisa. Mas tem gente que tem que fazer uma lavagem especial, com cremes e etc. E depois ainda vem a chapinha, prancha e/ou secador.
Depois do banho e do cabelo, vem a maquiagem. Nessa etapa eu perco muito tempo. Lá vai a babaca separar cílio por cílio com palito de dente depois de passar rímel. Melhor nem contar tudo que eu faço em matéria de maquiagem, se não vocês vão me achar maluca, digo, mais maluca. Como dizia Napoleão Bonaparte, "Mulheres tem duas grandes armas: lágrimas e maquiagem".

Considerando que não faço uso das primeiras, me permito abusar da segunda. Se você for uma pessoa normal, não perde nem vinte minutos passando maquiagem.

Depois vem a hora de se vestir. Homens não entendem, mas tem dias que a gente acorda gorda. É sério, no dia anterior o corpo estava lindo e no dia seguinte... PORCA! Não sei o que é (provavelmente nossa imaginação), mas eu juro que acontece. Muitas vezes você compra uma roupa para um evento, na loja fica linda e na hora de sair fica um cu. Se for um desses dias em que seu corpo está um cu e o espelho está de sacanagem com a sua cara, é provável que você acabe com uma pilha de roupas recusadas em cima da cama, chorando, com um armário cheio de roupa e gritando "EU NÃO TENHO ROOOOOUUUUUPAAAA". O chato é ter que refazer a maquiagem. E quando você inventa de colocar aquela calça apertada e tem que deitar na cama e pedir para outro ser humano enfiar ela em você? Uma gracinha, já vai para o jantar lacrada a vácuo. Se espirrar a calça perfura o pâncreas.
Ok, você achou uma roupa que ficou boa. Vem o dilema da ligerie. Salvo raras exceções, roupa feminina (incluindo lingerie) ou é bonita, ou é confortável. Você olha para aquela sua calcinha de algodão do tamanho de uma lona de circo. Ela é confortável. E cor de pele. Praticamente um método anticoncepcional. Você pensa "Eu não vou dar para ele hoje mesmo, que se foda". Você veste a calcinha. Aí bate a culpa. Eu sinto culpa se ando com roupa confortável, meu inconsciente já associou estar bem vestida a sofrimento. Aí você começa a pensar "E se mesmo sem dar para ele, ele pode acabar vendo a minha calcinha... Vai que no restaurante tem uma escada e eu tenho que subir na frente dele... se ele olhar para essa calcinha, broxará para todo o sempre comigo...". Muito puta da vida, você tira a sua calcinha amiga e coloca uma daquelas porras mínimas e rendadas, que com certeza vão ficar entrando na sua bunda a noite toda. Melhor prevenir. Nessas horas a gente emburrece e acha que qualquer deslize que fizer vai espantar o sujeito de forma irreversível.
Os sapatos. Vale o mesmo que eu disse sobre roupas: ou é bonito, ou é confortável. Geralmente, quando tenho um encontro importante, opto por UMA PEÇA de roupa bem bonita e desconfortável, e o resto menos bonito mas confortável. FATO: Lei de Murphy impera. Com certeza me vai ser exigido esforço da parte comprometida pelo desconforto. Ex: Vou com roupa confortável e sapato assassino. Certeza que no meio da noite o animal vai soltar um "Sei que você adora dançar, vamos sair para dançar?" Eu tento fazer parecer que as lágrimas são de emoção. Uma vez um sapato me machucou tanto, mas tanto, que fiz um bilhete para mim mesma e colei no sapato, para lembrar de nunca mais usar!. Porque eu não dei o sapato? Porra... me custou muito caro! Posso não usá-lo, mas quero tê-lo. Eu sei, eu sei, materialista do caralho. Vou voltar como besouro de esterco na próxima encarnação e comer muito cocô para ver se evoluo espiritualmente! Mas por hora, o sapato fica.

Enfim, eu sei que existem problemas mais sérios na vida, e o texto é em tom de brincadeira. Só quero que os homens saibam que é um momento tenso para nós e que ralamos bastante para que tudo dê certo. O ar de tranquilidade que passamos é pura cena. Sejam delicados e compareçam aos encontros que marcarem, ok? E se possível, marquem com antecedência, para a gente ter tempo de fazer nosso ritual preparatório com calma...

Apesar do texto enorme, quero deixar claro que o que eu coloquei aqui é o mínimo do mínimo. Existem milhões de outras providências que mulheres tomam antes de encontros importantes: clarear pêlos (vulgo "banho de lua"), fazer drenagem linfática, baby liss... enfim, uma infinidade de nomes que homem não tem a menor idéia do que se trata.

Depois que você está toda montadinha, lutando mentalmente com seus dilemas do tipo "será que dou para ele? É o terceiro encontro, talvez eu deva dar..." começa a bater a ansiedade. Cada uma lida de um jeito. Eu, como boa loser que sou, lido do pior jeito possível. Tenho um faniquito e começo a dizer que não quero ir. Não para ele, ligo para a infeliz da minha melhor amiga e digo que não quero mais ir, que sair para conhecer pessoas é muito estressante, que se um dia eu tiver um AVC é culpa dessa tensão toda que eu passei na vida toda em todos os primeiros encontros e que quero voltar tartaruga na próxima encarnação. Ela, coitada, escuta pacientemente e tenta me acalmar.

Agora imaginem vocês, se depois de tudo isso, o filho da puta liga e cancela o encontro? "Surgiu um imprevisto, podemos deixar para semana que vem?". Gente, não é má vontade ou intransigência, mas eu acho inadmissível uma coisa dessas, a menos que seja algo muuuuiiiiiiito grave! Eu fico puta, puta, PUTA da vida! Claro, na cabecinha deles não custa nada mesmo, eles acham que é simples, que a gente levantou da cama e foi direto pro carro deles. Se eles soubessem o trabalho que dá, o estresse, o tempo perdido... nunca ousariam remarcar nada. Se fode aí! Vem me buscar de maca e no soro, mas não desmarque comigo! Até porque, a essa altura, a dieta radical do queijo está quase te fazendo desmaiar de fome, é questão de vida ou morte a porra do jantar! NÃO CANCELEM ENCONTROS A MENOS QUE TENHA ACONTECIDO ALGO MUITO, MUITO, MUITO GRAVE! A GENTE SE MOBILIZA DEMAIS POR CAUSA DELES!

Supondo que ele venha. Ele liga e diz que está chegando. Você passa perfume, escova os dentes e vai. Quando entra no carro já toma um eufemismo na lata "HUMMM... tá cheirosa!" (tecla sap: "Passou muito perfume, porra"). Ele nem sequer olha para a sua roupa. Ele não repara em nada, ele acha que você é assim ao natural. Eu não ligo, acho homem que repara muito meio viado, mas isso frustra algumas mulheres. E se ele for tirar a sua roupa, grandes chances dele tirar a calça junto com a calcinha e nem ver. Pois é, Minha Amiga, você passou a noite toda com a rendinha (que por sinal custou muito caro) atochada no rego para nada. Homens, vocês sabiam que uma boa calcinha, de marca, pode custar o mesmo que um MP4? Favor tirar sem rasgar.
Quando é comigo, passo tanto estresse que chego no jantar com um pouco de raiva do cidadão. No meio da noite, já não sinto mais meus dedos do pé, devido ao princípio de gangrena em função do sapato de bico fino. Quando ele conta piadas e ri, eu penso: "É, eu também estaria de bom humor, contando piada, se não fosse essa calcinha intra-uterina raspando no colo do meu útero". A culpa não é deles, é minha, por ser surtada com a estética. Sinto o estômago fagocitando meu fígado, mas apenas belisco a comida de leve. Fico constrangida de mostrar toda a minha potência estomacal assim, de primeira.
Para finalizar, quero ressaltar que eu falei aqui do desgaste emocional e da disponibilidade de tempo que um encontro nos provoca. Nem sequer entrei no mérito do DINHEIRO. Pois é, tudo isso custa caro. Vou fazer uma estimativa POR BAIXO, muito por baixo mesmo, porque geralmente pagamos bem mais do que isso e fazemos mais tratamentos estéticos:
*Roupa.................................................................R$200,00* *Ligerie.................................................................R$100,00* *Maquiagem.........................................................R$50,00* *Sapato................................................................R$200,00* *Depilação...........................................................R$50,00*
*Mão,pé e escova................................................R$50,00* *Perfume..............................................................R$250,00*
*Pílula anticoncepcional.......................................R$50,00*
*Ou seja, JOGANDO O VALOR BEM PARA BAIXO, gastamos, no barato, R$1.000,00 para sair com um Zé Ruela. Entendem porque eu bato o pé e digo que homem TEM QUE PAGAR O MOTEL....e a porra do JANTAR também!!!!! A gente gasta muito mais para sair com eles do que eles com a gente!

Read More

Meu sentimento de Ser Amor


Às vezes sinto isso. Uma vontade imensa de Ser Amor. Sei que para alguns até pareço já ser, mas poderia ser bem mais. Ser Amor para mim seria muito bom.

Fortaleza, vencedora, inteligência, mas que na verdade só quer Ser Amor.

Tenho que postar isso logo, porque a vontade se Ser Amor é dominada pelo Ser Racional!

O meu Ser Racional domina o Ser Amor! Essa briga é constante! O Ser Amor quer ser libertado, mas precisa de ajuda. Será que ele está esperando a lua? O alinhamento dos planetas? Ou simplesmente o aval do Ser Racional?

Ser Racional! Deixa o Ser Amor viver! Ele existe! Está aqui! Não adianta escondê-lo!

Lua! Planetas, alinhem-se!

Ser Amor se entenda com o Ser Racional! Ou vocês pretendem viver assim para o resto da minha vida?

Rs...

Eles são demais! E eu estou bebendo água tônica (nada de álcool na cabeça)! E se tivesse? Já não saberia qual Ser seria. Talvez o que estivesse na frente, ou o que desse uma rasteira no outro com mais rapidez!

Ta vendo? Não sei se seria o Ser Amor!

O Ser Racional está mandando o Ser Amor ir embora! Volta Ser Amor! Tomara que ele volte logo!

Apareça Ser Amor de vez em quando e assim você acabará conquistando o Ser Racional! Fariam uma bela parceria. Que tal?

O Ser Racional agradece a sua presença Ser Amor! Obrigada! Até mais!


Faxineira: Marinha do Brasil

Read More

Na faxina, mais uma mão é sempre bem vinda!


Já conseguiu imaginar se toda vez que você precisasse fazer uma daquelas faxinas da pesada mesmo, de limpar os cantos dos vidros com cotonette, você pudesse chamar uma amiga em cada especialidade? Tipo: a amiga que detesta lavar banheiros, mas não se importa em desempilhar a louça da pia? Esta é a parte boa de termos um blog sobre faxina (de casa, vida, relacionamentos, opiniões, mudanças, caráter, profissão, saúde, etc, etc,etc...)! A gente chama as amigas para darem uma mãozona!!! E sabe o que é melhor? Elas adoram o convite!!!

Sendo assim, com a casa ficando cada vez maior e mais ampla, pedimos uma força para Miss Kiss que, de agora em diante, vai estar por aqui, faxinando!

Seja muito bem vinda, faxineira Miss Kiss!!! Empunhe a vasoura que a gente já trás o sabão em pó!


Sábado de Faxina


P.S: A frase da figura diz "Uma casa limpa é sinônimo de uma vida perdida". Ou seja, meninas, faxinar é bom, mas tudo em excesso faz mal!!!



Read More

Homens no divã


Promessa é dívida. Disse que falaria mais uma vez sobre o caso Dado, Dado, Dado o que fizeram com você? E sua Luana Piovanni.

Em entrevista exclusiva (sim, negrito em exclusiva, às vezes eu tenho um asco de veículos, mas vá lá) à Revista Época, recentemente, a bela diz que todos os homens deviam fazer terapia. Ela faz desde os 19 anos.

"Se Dado não fizer psicanálise, vai acabar preso", disse.

Ela foi agredida por ciúme, diz que não levou um tapa, mas as câmeras registraram. Detalhe: ela é atriz, ele também é. Ele sentiu ciúmes de uma cena de teatro - palco dos dois, diga-se de passagem - em que ela, envolta no personagem, deixa os seios à mostra.


Não quero julgar Dado, nem Luana. O primeiro texto eu ironizei a situação, mas aqui falo de situação mais séria. Dessa dificuldade que os homens têm de se abrir e de lidar com seus conflitos. Nessa Guerra dos Sexos em que vivemos entendo que seja realmente difícil aos caras se mostrarem sensíveis diferenças para mulheres especiais (quem não se lembra de Vinólia??). Mas é necessário que busquem meios de se compreenderem porque, senão meus amigos, acabarão sozinhos.


Na entrevista, tem um trecho bacana sobre mudança, sobre como ela achou que o Dado mudaria.


"A gente passou por maus bocados no primeiro namoro (sic) Era um pouco de loucura misturada com ciúme. Eu acreditava que ele tinha mudado. É engraçado, como é que eu podia achar que ele tinha mudado? Só se fosse por obra e milagre de Deus. Ele não foi fazer terapia, não tomou remédio, continua morando com a mãe, com roupa lavada e passada, tira o tênis e tem alguém que pega o tênis , joga a meia suja e tem alguém que pega".




É faxineiras de plantão, homens como Dado precisam de, pelo menos, 20 anos de análise.




Faxineira Ponto G


Read More

A moda também tem vez na faxina...

O que as mulheres carregam na bolsa sempre foi um mistério para muitos. Ultimamente esse mistério está ainda maior. É que as Maxi-Bolsas vieram pra ficar e, se antes nós carregávamos muito na bolsa, agora é preciso tomar cuidado para não levar demais.

Por um lado elas são uma maravilha... cabem a agenda, caneta, os celulares, a maquiagem, os cremes, e até o notebook, uma roupa para caminhada... Mas por serem tão grandes, ficam um pouco bagunçadas. E na hora em que a gente mais precisa, cadê o que estávamos procurando?
E o ombro que aguente o peso.

Dicas para organizar a sua
Elas emplacaram no verão 2007 e já foram confirmadas, pelos mundo da moda, que seguem como tendência para 2009.
Para solucionar esse problema, a dica é separar os pertences em nécessaires diferentes, de preferência transparentes, para facilitar a visualização do que tem dentro de cada uma.
- Para eletrônicos: celular, máquina digital, calculadora, iPod e carregadores.
- Tradicional (em tamanho maior): escova de cabelo, pasta e escova de dentes, maquiagem, espelho, creme hidratante e lixa de unha.
- Farmácia (pequena): comprimidos para dor de cabeça e cólica, band-aids, absorventes e anticoncepcional.
- E outras nécessaires para o que você precisar, de acordo com o seu estilo de vida.

Tendências

As coloridonas atendem ao desejo das jovens. De couro ou sarja cabe de tudo nelas. E quanto mais cores melhor, pois acima de tudo, esse verão vem colorido e despretensioso. Elas fazem par com looks ora coloridos ora monocromáticos e levantam o visual.

Mais exigentes e maduras, as mulheres carregam nesse verão bolsas gigantescas de couro seja ele fosco ou metalizado.

E até os homens entram nessa tendência. Eles deixam a mochila de lado um pouco e aderem à moda da bolsa grande. Mas, claro, tudo bem masculino. Surge bolsa com modelagem de mala, bolsa saco e com estampa loucurinha coloridíssima. É hora de mudanças nos acessórios masculinos.

Visual discreto

Para quem acredita que é fundamental combinar sapatos com bolsas, as profissionais de moda afirmam que essa idéia deve ser descartada. “O ideal é optar por um visual discreto com apenas um acessório chamativo, ou a bolsa, ou o cinto, ou o sapato”, indica a estilista Paula Meinberg, da grife Theò Atelier. “Bolsa e sapato não precisam formar um conjunto”, afirma a personal stylist Sabina Donadelli.

De acordo com elas, a bolsa tem identidade própria, e deve estar ligada ao tipo de roupa escolhido, mas não necessariamente aos sapatos. A maxibolsa é um acessório que pode ser o diferencial na produção. “Cores chamativas, especialmente o amarelo, estão em alta”, diz a estilista.
Outra tendência para o verão é a valorização dos laminados. “Além da alegria das cores tropicais, há espaço para o brilho da prata e do dourado”, aponta Sabina. O verniz também surge como opção. “Ele pode ser usado ‘all day long’, será muitíssimo bem-vindo”, afirma Paula.


Cuidados
Dependendo do evento noturno que estiver programado na agenda, a maxibolsa deve ser deixada em casa. “Se for algo mais despojado, tudo bem. Caso contrário, é melhor apostar em uma carteira que também estão seguindo a tendência de tamanhos maiores”, afirma Paula.
As mulheres mais baixas devem ter bom senso ao escolher uma maxibolsa. “Corre o risco de ficar desproporcional. Uma alternativa mais indicada é a aposta em bolsas médias”, sugere a estilista.

Faxineira: Lady D.

Read More

Bebida X E-mail inconveniente

Essa é ótima!!



Sabe quando você chega em casa, já meio travado, e acaba mandando um e-mail inconveniente, do qual se arrepende no dia seguinte?

Então, O Gmail acaba de lançar um recurso para acabar com esse problema: o Mail Goggles. Com ele, os e-mails escritos à noite só são enviados depois que você resolver uns problemas matemáticos - continhas de somar, subtrair e multiplicar, que os bêbidinhos e beberrões têm dificuldade em fazer.

E você já pode ter essa novidade no seu Gmail. É fácil. Primeiro, clique em Configurações e mude o idioma do Gmail para inglês. Clique em Settings, selecione a opção Labs, e vá até o item Mail Goggles. Agora é só selecionar a opção Enable, e dar OK. Pronto. O filtro anti bebedeira vem configurado para funcionar às sextas e sábados, entre 10 da noite e 4 da manhã - mas você também pode ajustá-lo para os dias e horários que quiser. E da-lhe mé!


Agora, vamos falar a verdade, deviam inventar um desses pra celular tbem. Que mulher nunca fez uma ligação, que nunca faria sóbria, depois de tomar umas?



Parece que a bebida solta a lingua e as emoções. Acredito que todo mundo aqui tem uma história sua ou de alguem pra contar com essa mistura fatal na vida feminina.


O que a Bebida, as vezes, não faz!??!

  • Umas choram, parece até que alguém morreu;

  • Outras brigam, é só alguém(se for mulher pior ainda) encostar nela que é motivo pra querer brigar;

  • Outras chamam o Raul, o Hugo....;

  • Outras ligam pra quem não devem;

  • Outras riem até pro vento;

  • Outras se sentem a mais gostosa da festa e aí reunem a platéia pro show;

  • Outras sentem vontade incontrolável de ir ao banheiro, dormir ou comer;

  • Outras vão ao encontro de quem não deve;

  • Outras não conseguem ficar nem com a cabeça no lugar....

Faxineira: Lady D.

Read More

Bafão!



Perceberam que hilário o episódio Luana Piovanni e Dado Dolabela?

Acho tão engraçada essa superficialidade de alguns artistas, senão de todos. O cara desce o sarrafo nela, agride a camareira, que foi defendê-la, quebra duas portas do apartamento e, no dia seguinte, a Luana está linda e loira numa praia do Rio de Janeiro, andando com um amigo e sem hematomas.



Detalhe: ela sorri aos paparazzi e ainda comenta em seu blog "''Ufa!
Queridos todos, escrevo aqui para dizer que me livrei duma roubada...
Ia me casar com alguém que não conhecia...
Deus, como sempre, me protegeu.
Então é isso, fica aqui meu suspiro de alívio e minha profunda tristeza em ver minha amada camareira, Esme, de braços imobilizados...''"
.

Dia seguinte, ele grava cenas da novela e ela vai ao teatro. Miguel Falabela depõe em favor da camareira, que procura a delegacia. E os jornais perguntam: "O que Luana fará com o carro de R$ 70 mil que o Dado deu?". E vendo o histórico do casal, nada é impossível. Eles podem voltar também, ou não.

Ok. Mudemos o cenário. Luana é pobre de marré, marré, marré (aposto que você lembrou dessa musiquinha também....pode cantar junto...), mora na favela carioca e o namorado, futuro noivo, dá um soco na cara dela, ela fica com olho roxo, quem se mete não é a diarista, é a mãe da Luana que, neste caso, mora com ela; ele quebra o braço da sogra, o filho de Luana - sim, ela tem um filho de outro relacionamento - grita. Dado quebra os bibêlos em cima da TV, em vez de duas portas. Luana procura a delegacia de mulheres, chora por uma semana na casa dos pais, todas as amigas dela sabem, toda a vizinhança sabe. Ela pode até voltar para casa...ou não. Dado passa os dias bebendo nos bares e comendo pé-de-galinha. Luana passa os dias em casa até que sarem os hematomas. Ela não sorri, sofre de fato.

Luana também pode até voltar para o Dado. Mas percebem como muda a ação?
Outra cena. Luana e Dado são classe média (ela ainda existe?); moram num bairro mediano do Rio, eles brigam, a diarista intervém - tem uma luxação, coitada - ele quebra o espelho do banheiro, em vez das portas, e as duas janelas do carro de Luana, cujas prestações ainda não foram pagas. Ela chora, e ambas - diarista e ela - buscam a delegacia de mulheres. Ninguém depõe a favor. Luana passa uma semana em casa e só sai às ruas de óculos escuros. Dado busca a terapia. Ela também.
E isso tudo afeta muito a nossa vida, acho que em solidariedade vou falar desse assunto aqui por mais uma semana... "Dado, Dado, Dado, o que fizeram com você?"
Faxineira Ponto G

Read More

Marceneiros de gente


Eu prefiro a verdade: com ou sem gelo. A verdade ao estilo cowboy, seca e ardente.

Mesmo preferindo a verdade, sei que, às vezes, muitos fazem dela uso para o mal. A verdade pode ser má, de repente.

Em relacionamentos afetivos, quando o outro é excessivamente sincero, isso pode detonar a estima do amado, ou da amada. Se a mulher está um quilinho acima do peso e o cara percebe isso e diz: "Nossa! Você está gorda!" . O mesmo pode ocorrer com eles. Há mulheres que pensam em mudar tudo, desde a roupa até o modo como o seu homem fala.

Imagina o quão doloroso é conviver com alguém que, a todo momento, fica lembrando você dos seus defeitos. Se você tem um pé gordinho demais, se você esbarra em tudo - o seu jeitinho atrapalhado que deveria ser um charme, vira um tormento - se você não consegue deixar o chuveiro desligado...se às vezes você ronca - quando está cansado. É preciso amabilidade para saber entender que o outro é humano, graças a Deus! Se fôssemos perfeitos não nos encostariamos no ombro de ninguém, nem choraríamos e, melhor, viveríamos sós. Nos bastaríamos.



Acho que depois dos vinte e voltzens, a gente conhece um pouco dos nossos defeitos. As estrias, as celulites, algumas manchas no rosto que sabemos que estão ali, mas está tudo bem. Uma falha no dente, uma tintura no cabelo que não combinou. O nosso jeito destemperado, o modo como dramatizamos, o nosso estresse, a nossa TPM... A gente sabe. E quando se procura alguém, a gente quer que essa pessoa também saiba, que tenha percebido os nossos defeitinhos de fábrica, mas que isso fique absorto pelo resto... e que outras coisas tenham mais importância.

A sinceridade gratuita é desnecessária. Se não há nada de bom a dizer, faz-se silêncio, é mais elegante.

Existem homens que são quase marceneiros de suas mulheres. Estão ali com seus pregos, porcas, parafusos e martelos. Usam palavras duras, serras elétricas, para moldar sua parceira. E ela aceita, como quem realmente precisa de reparos. Ela aceita porque não entende que ali está sua essência. Há mulheres que fazem o mesmo: "Você tem que parar de ser assim, caipira"..."Você fala engraçado". "Você isso e aquilo".


Depois que conseguem mexer nos seus parceiros, esses marceneiros os tratam como o que se tornaram: móveis. Enfeitam suas casas como sofás, mesas de centro e luminárias. São apenas mais umas peças na decoração. E aí perdem a graça. Móveis envelhecem, não combinam com as cores da moda - são doados, abandonados em quartos velhos e vão para o lixão municipal.

Pessoas não são móveis.
Faxineira Ponto G

Read More

Sobre vícios e outras coisas

Em uma novela da Globo, há muito tempo, eu ouvi um personagem - não me pergunte o nome - de Mauro Mendonça, o mesmo que está nesta novela "A Favorita", que aliás não gosto de assistir; voltando ao Mendonça, e nessa novela de séculos atrás, o personagem dizia:


- Desconfie de um homem que não tem vícios.

Ele usava essa frase para argumentar com sua mulher à época, o porquê da sua necessidade de fumar charutos. Agora me falha o nome da atriz que fazia par com Mendonça. Mas a frase nunca saiu de minha cabeça.
Ele não citava homem no sentido filosófico - no qual se incluem homens e mulheres. Referia-se aos machos, apenas. Há um provérbio escocês que diz que não se pode confiar num homem que não bebe. Vindo de onde vem, não se pode confiar muito nesse provérbio.

Vamos à origem, do latim "vitium", que significa "falha ou defeito", o vício é uma tendência habitual para certo mal, sendo oposto à virtude. Mas a quê está ligado o vício? À necessidade? Ao desejo? Ao prazer? Ou, como diria minha bisavó, à "senvergonhiça"?


Homens têm mais tendência ao vício que a mulher?

Uns usam drogas lícitas ou não. Outros traem compulsivamente, outros jogam e outros usam o computador mais do que o normal. Os homens viciados em pornografia, em futebol, em videogame, em viver morgando no sofá e, por último, esse vício eu não reclamaria - desde que fosse sempre comigo, óbvio...Homens viciados em sexo.


Quem não tem vício que atire a primeira pedra e deixe cair o cigarro, a garrafa de uísque, a seringa, o back, os laxantes, a camisinha, o mouse,o controle remoto, entre outras coisas, que nem me vêm à cabeça agora. Claro que há mulheres com vícios também, isso é mais que normal, visto que somos humanas (xiiiii....mas não contem a ninguém), mas não quero abordar isso no Sábado. Aqui é um espaço feminino. Logo, é esse o lado que verão nos meus textos.

Há outros dados interessantes sobre como homens e mulheres lidam com o vício. Segundo a mais importante pesquisa sobre consumo de drogas no país, realizada em 2001 pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas da Universidade Federal de São Paulo, pouco mais de 1 milhão de pessoas já consumiu cocaína no Brasil. Desses, 79% são homens e 22%, mulheres (deu na Folha de S.Paulo). Mas, em compensação, mulheres têm mais dificuldade de abandonar o vício do cigarro, por exemplo.

Em busca de uma estatística que pudesse comparar homens e mulheres (que não encontrei, diga-se de passagem), dos dois qual é mais suscetível, li agora há pouco no blog da Gazeta do Povo que os homens não fumantes raramente aceitam namorar uma mulher fumante. No entanto, 65% das mulheres aceitam um homem fumante. A mulher acredita que, por amor, o parceiro poderá abandonar o vício. O homem, muitas vezes, alega que corre o risco de voltar a fumar se vier a se relacionar com uma fumante. Incrível, né? A gente aceita melhor o vício do que eles...

Mas o que o personagem de Mendonça quis dizer? Estamos fadadas a homens com vícios? Se assim for, já que não há como evitar, na lista dos vícios masculinos, se tiver que escolher um, prefiro os homens viciados em sexo. Tenho dito.
Faxineira Ponto G

Read More

Não é do Jabor, mas acredito nisto!


Me mandaram por e-mail um daqueles textos que atribuem a uma pessoa famosa, quase sempre o Jabor ou o Luís Fernando Veríssimo. Este que recebi foi colocado como do Jabor. Depois da leitura, por ler muito o cara, eu já sabia que era muito pouco provável que o texto fosse dele. Jabor gosta de dar referências, citar exemplos da própria vida ou de amigos ou fatos que estão na mídia. No texto a seguir, mesmo sendo muito bom e de eu concordar com quase tudo, ele não é do Jabor. fiz uma boa pesquisa, nos textos dele realmente publicados em jornais, nos sites dos jornais e nos livros dele que eu tenho. Não achei este texto. Posso estar enganada... Mas vejam por vocês mesmos.



RELACIONAMENTO


Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:
- 'Ah,terminei o namoro...'
- 'Nossa,quanto tempo?'
- 'Cinco anos...Mas não deu certo...acabou'
- É não deu...?


Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores. Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.

Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro? E não temos esta coisa completa...
Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama. Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel. Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador. Às vezes ela é malhada, mas não é sensível. Tudo nós não temos. Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.

Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia. E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona... Acho que o beijo é importante...e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer. Não lute, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem DÚVIDAS e MEDOS mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama! Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, recessão de família? O legal é alguém que está com você por você. E vice versa. Não fique com alguém por dó também. Ou por medo da solidão.


Nascemos sós.
Morremos sós.


Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento. Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia? Gostar dói.
Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração. Faz parte.Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo. E nem sempre as coisas saem como você quer... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver. Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias. E nem todo sexo bom é para namorar. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar. Enfim... quem disse que ser adulto é fácil?


Faxineira: Fá



Read More

Mulher que faz


Existem vários tipos de mulheres. Uma das categorias é recomendável a homens sem estima, ou com pouca, delas não se aproximem. Elas são estilo a música do Vandré: "quem sabe faz a hora não espera acontecer".


As mulheres que fazem. A elas não prometa, nem insinue nada que você não queira, e que faça só para testá-las. Mulheres que fazem não são para testes. Se você diz que quer casamento e pede a ela uma ajuda, ela fará acontecer. Se ela quer ter um filho: ela terá, ou pelo menos fará tudo para isso. Então, se você não quer ter um filho, deixe isso claro.


Mulheres que fazem atravessam um oceano, se preciso for, quando acreditam no amor que têm por alguém. Então, se não quer uma aí com você, não faça o convite. Elas acreditam na verdade das pessoas. E acham que se alguém diz: "sim", é porque quer.

Em Juno, um marido, casado com uma mulher que faz, aceita pôr um anúncio no jornal atrás de um filho para adoção. Ele não estava pronto para um filho. Só colocou o anúncio porque acreditava que isso levaria meses ou anos. Mas eis que algum dia, lá estava uma mãe pronta para doar o bebê e sua esposa, claro!, aceitou a proposta. Ele havia se casado com uma muher que faz.


É preciso identificá-la. Geralmente ela está ali no canto dela, levando a vida numa boa. Se você a vê reclamando que está gorda e uma semana depois ela está em dieta ou na academia, ou nas duas coisas juntas, cuidado! Essa mulher não é apenas de falar. Se algum dia ela diz que anda estressada e depois você a vê na Yoga ou na terapia, alerta vermelho.

Se ela diz: "ah! quero morar fora algum dia..." E meses depois está em aulas intensivas de espanhol, inglês ou francês, sinal amarelo. Fique atento a essa futura mulher que faz.


Para alguns são mulheres de atitude. Dito assim parece slogan da campanha da Marta Suplicy. Não é disso que falo. Lembro-me mais da campanha do Bamerindus. Gente que faz. Para os mais machistas, mulheres que fazem podem parecer desesperadas. A linha é tênue mesmo, e se não ficar atenta a mulher que faz beira o desespero. Acho que alguns homens fazem propostas a mulheres assim e pensam: "Ela não vai aceitar". E pasmam quando aceitam. Ainda acredito nas mulheres que fazem e não estão desesperadas. Fazem porque acreditam e querem e vão até onde dá com isso. Até fazer a envergadura, até onde seu limite a permite.

Mulheres que fazem, fazem tanto, mas tanto, que se não querem mais...fazem também o fim, mas isso é uma outra história.


Faxineira Ponto G


Read More

Ganhando leitores pelo mundo


Nós, faxineiras, temos um site de controle de acesso que está sendo muito usado não só por empresas (para definir linha de marketing e público alvo) como também por nós, blogueiros. São vários sites que oferecem o recurso, mas como usamos o blogger que é do google, resolvemos usar o google analytics. Pelo menos uma vez por semana, damos uma sapiada lá. E o que vimos nos deixou bem felizes e impressionadas. Em menos de seis meses de criação (sendo que começamos a bombar mesmo só em setembro), o Sábado de Faxina já é lido em 42 duas cidades brasileiras, espalhadas por 20 estados e em 8 países!!! Então, queremos deixar aqui os nossos agradecimentos aos leitores:

Dos estados de:
São Paulo (São Paulo, São Caetano do Sul, São José dos Campos, Campinas, Santos, Osasco, Hortolândia, Marília, Guarulhos, Ribeirão Preto, São Vicente, Americana), Minas Gerais (Belo Horizonte, Cataguases, Uberlândia, Manhuaçu), Santa Cataria (Florianópolis, Joinville, Navegantes, Blumenau), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Petrópolis), Pará (Marabá, Belém), Bahia (Salvador, Alagoinhas), Paraná (Curitiba, Cascavel), Goiás (Goiânia), Distrito Federal (Brasília), Rio Grande do Sul (Porto Alegre), Rio Grande do Norte (Natal), Sergipe (Aracaju), Rondônia (Porto Velho), Piauí (Teresina), Maranhão (São Luis), Tocantins (Araguaína), Pernambuco (Recife), Amazonas (Manaus), Espírito Santo (Vitória), Mato Grosso (Cuiabá).

E aos que estão nos países:
Brasil, Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Moçambique, Reino Unido, Japão, Venezuela.

Um abraço especial para o pessoal de Goiás, a quem devemos o maior número de acessos, seguidos de perto pelo pessoal de Brasília! Valeu, gente!!!

E se acaso a sua cidade não apareceu por aqui, não se preocupe. Nós não esquecemos! É que o analytics puxa os dados dos provedores regionais, acumulando dados das cidades mais próximas destes provedores. Um exemplo é que Palmas - TO, cidade onde estamos, não é registrada pelo analytics, mas nem assim deixamos de agradecer a todos nossos amigos que acessam daqui, da capital tocantinense.

E já que estamos bombando, podemos fazer um pedido? Comentem! Sigam o exemplo dos nossos maiores comentaristas: o aquiles, a criska, a dianna bitten!

Valeu, pessoas!


Read More