quinta-feira, 23 de abril de 2009

Ainda sobre beijos

Boca nervosa!

Estava conversando com um amigo gay. Daí ele me falou do encontro que teve com um novo peguete. E lá pelas tantas da conversa ele me disse que o gatinho é meio afobado. Daí perguntei: afobado quer dizer boca nervosa? Ele riu e disse que sim.

Vocês vão dizer que sou exigente, que critico tudo que é beijo, mas gente vamos bater uma real. Tem coisa mais nojenta que boca nervosa e lambrecada?

O beijo molhado é muito bom...hummm, mas o mocinho que lambe sua cara toda achando que é pirulito da Chiquinha... ah! é foda!

Sua cara fica com cheiro de saliva e você torce para que ele pare pra que você enxugue o rosto. Daí, como a língua de papagaio você também tem que controlar os impulsos do rapaz! Como diz nossa colega Dianna Bitten: “Línguas hiperativas! Que simplesmente não sossegam e não encaixam!”. (Risos).

Por que será que essas pessoas têm a boca nervosa? Não entendo. Parece que a outra pessoa está prestes a fugir e daí ele quer aproveitar tudo de uma só vez, sei lá. Não sei, mas uma vez uma pessoa me disse que meu beijo é bom. Ai! Fiquei lisonjeada, isso realmente aumentou minha auto-estima, homens podiam fazer isso sempre. Por favor! Se alguém achar que é ruim(o meu beijo), tente me corrigir, mas sem me falar que é ruim. Ninguém precisa saber que tem o beijo ruim e deve ser constrangedor saber uma coisa dessa. Não culpo as pessoas que têm o beijo ruim, às vezes é pura e simplesmente falta de oportunidade de saber como se beija bem. Não concorda?

Beijar é muito bom. Melhor ainda quando você encontra um beijo que encaixa no seu. Nossa! Aí o negócio pega fogo. Na verdade tem homens que nem beijam, mas têm o beijo bom. Aquele que só encosta os lábios nos seus. Ufa! Só pra passar vontade na gente. Ou aquele que beija e em seguida tira o beijo como que dissesse que não quer beijar, mas quer, a gente fica tonta com isso. Falta ar...

Enfim existem vários tipos de beijo. Citei o de língua de papagaio e o boca nervosa por que acho que precisam ser estudados e melhorados, mas eles têm também o seu lugar ao sol! Vamos beijar!!!!

Faxineira: Marinha do Brasil

1 comentários:

Diana Bitten disse...

Acho que você deve insistir nesse assunto por ser uma questão de utilidade pública.

As pessoas precisam se aprimorar nesse quesito: é um fato!

Bom, após o menino neurótico com língua hiperativa, que quase me traumatizou, peguei um que bateu quase 100% com meu estilo.

Então, para resumir a questão: acredito que nem é tanto questão de beijo ruim ou bom, é questão de estilo pessoal. Vc "bate" com aquele cara? Curte os trejeitos, as nuances do beijo dele? E o gosto?

Mas que línguas incontroláveis emovimentos de cabeça bruscos matam qualquer clima, isso matam! ahuahuah

23 de abril de 2009 18:24