sexta-feira, 3 de abril de 2009

Língua de papagaio. Já ouviu falar???


Tem homens que são metidos, não dão bola, ou quando dão bola se acham o máxxxximo. Daí você fica doidinha para pegar o cara, que parece ter a pegada boa e ter jeito de que beija bem.
Aff! Você descobre que ele é língua de papagaio.
Língua de papagaio: É seca e dura, moço!
E lá se vem ele: charmoso, pegando firme na sua nuca, e seu coração começa a bater mais forte, o cheiro do perfume de alucinar. Você doidinha que não se agüenta mais, uma loucura. Daí o cara aproxima e bem juntinho com a mão na sua nuca vem em direção à sua boca com os lábios carnudos e entreabertos. Sua pupila aumenta, sua mão fica suada e ele respira fumegante.
Fia, né nadinha! A língua é de papagaio e você se decepciona. O que fazer nessa hora?
Não adianta muita coisa se for só ficante. Se for, é melhor dispensar, inventar uma mentira e cair fora. Impossível domar a língua desse cara.
Já se for um cara que você se encantou e que queira algo mais duradouro o jeito é tentar consertar o erro da natureza. Daí você vai com jeitinho tentando amolecer a causa de todo o transtorno.
Não sei se já provaram disso, mas é uma situação constrangedora você tentar amolecer a língua da pessoa. E tem que ser com paciência para que ele não perceba o que você está tentando fazer. Trágico, mas é neste modelo.
Já fiz isso e tive altas vitórias. É como se você tivesse ensinando a pessoa a beijar pela primeira vez até ficar do jeito que você gosta.
Daí você não sabe se vai às vias de fato. Fica com medo. Se é seco com o beijo dirá com outros encaminhamentos.
Enfim, não é muito bom não, beijo língua de papagaio.
faxineira: Marinha do Brasil

3 comentários:

Criska disse...

Pai, Senhor, livrai-nos das línguas de Papagaio!!!

4 de abril de 2009 06:52
Diana Bitten disse...

E as linguas hiperativas? Que simplesmente não sossegam e não encaixam! Nossa...

5 de abril de 2009 11:31
Poli Macedo disse...

"você tentar amolecer a língua da pessoa"

kkkk

adorei!

7 de abril de 2009 06:48