terça-feira, 27 de maio de 2008

Brasilian Wax


Hoje estava lendo em um blog que acompanho sobre a propaganda de uma cachaça chamada "Cabana" que está sendo veiculada nos E.U.A. (publicada na Vanity Fair, Men’s Vogue, W Magazine). Uma mulher completamente depilada posa na campanha cujo slogan é: "Autenticamente Brasileira"

Pois é, esta é a nova imagem da mulher brasileira fora do Brasil. Além de sermos conhecidas pela bunda, agora somos conhecidas por vaginas depiladas ou "brasilian wax", como eles chamam. Entrei no site do produtor da cachaça e o que se vê é um vídeo totalmente sexual, onde uma mulher depiladissima se insinua...

Tudo bem que algumas pessoas vão dizer que é um vídeo lindo que ressalta a imagem da mulher mas, é preciso parar para pensar como uma propaganda como essa detona ainda mais a imagem da mulher brasileira lá fora.

E também aqui dentro, um país que tem grandes problemas com turismo sexual.

(Segundo Denise Arcoverde do Sindrome de Estolcomo a "Cachaça Cabana é produzida em São Paulo, mas é propriedade de um investidor americano, que resolveu explorar o nosso mercado…" - o post de Denise é bem interessante e traz alguns trechos de análise sobre o tema. Vale a pena ler.)

Quando estive no Canadá, senti um pouco de como a imagem da brasileira é de uma mulher fácil, ou malandra. Também por sua alegria.. graças a Deus.

Nos Estados Unidos e na Europa sabemos que essa imagem é ainda pior. Está aí, para exemplificar, a polêmica dos brasileiros barrados no aeroporto de Madrid. (Um grupo de blogueiras brasileiras que vivem na Itália chegaram a criar uma campanha : pela valorização da mulher brasileira.)

E quem é a mulher brasileira real?
"Catalogar em uma categoria exclusiva é impossível: existem aquelas que se dedicam a uma carreira executiva e tratam os homens como um acessório; outras que simplesmente sonham em conciliar a vida no lar ao lado do marido, com os filhos e um trabalho para ajudar a pagar as contas no final do mês; outras dividem a vida entre estudos, especializações e trabalho na busca de conseguir um bom padrão de vida para depois vir a formar uma família; outras simplesmente estão bem sozinhas e basta.

A mulher brasileira pode ser dona de casa, mãe, advogada, publicitária, diretora de empresa, política, secretária, motorista de caminhão... Tem talento para abrir e tocar um próprio negócio, ou trabalhar para alguém.

As mulheres do Brasil podem tudo. Podem viajar sozinhas, podem votar, podem trabalhar, podem estudar, podem casar com quem desejarem ou simplesmente não casarem, podem beijar na boca no primeiro encontro, depois de um mês ou nunca. Podem ser dependentes ou independentes financeiramente. Podem se divorciar! Podem dizer sim ou não. Podem escolher. Tem o livre arbítrio!

Podem ser inteligentes, podem ser bonitas, sensuais, podem escolher se preferem ser bem tratadas ou mal tratadas. Podem aceitar gentilezas e cortesias masculinas. Podem conversar sobre tudo ou sobre nada. Podem não saber dançar ou ter um requebrado dos diabos!

Podem ser lésbicas. Podem ter filhos sem conhecerem o pai da criança, mesmo sem ter tido relação sexual!Podem ter cabelo curto ou comprido, usar roupas agarradas ou largas. Podem achar que o seu biquini é o mais bonito do mundo e o dos outros países horrorosos só porque a Embratur uma vez fez a campanha do “fio dental” que ficou conhecidíssimo internacionalmente e nasceu a lenda que só biquini brasilero é “in”.

Podem ser de origem indígena, africana, européia, asiática... Podem ser loiras ou morenas, altas ou baixas, cabelo liso ou crespo e todos os intermediários possíveis. Podem saber falar várias línguas ou simplesmente mal saber o português ou talvez tudo isso junto!A mulher brasileira é realmente a mulher do século XXI e pode ter o mundo aos seus pés!"

Faxineira: Lady D.

1 comentários:

Fá, .G, Marinha do Brasil e Daida disse...

absurdo isso! Temos que nos indignar! Boa postagem

3 de junho de 2008 19:22